sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Banho de Luxo: Resenha de Ivoire Balmain



Quer coisa mais linda para um viciado em perfumes receber uma caixa com um perfume desejado? E sem taxas, porque o meu veio do Ebay? Desde a resenha da Grasi em vídeo (você pode ver aqui eu o desejei.

Nunca escondi de ninguém que tenho um fraco pela casa Balmain. Tenho o Ambre Gris a muitos anos e nunca consegui porque é aquele perfume de pirâmide redondinha, onde você quase não detecta as notas. Mas uma hora eu tento!


A saída alcoolica é e bem verde. Pense em um jardim minimalista, você sentado em um banco de madeira adornada com arabescos.  Está a mastigar folhas de hortelã e degustar gomos de tangerina em um dia de chuva acompanhado de cheiro de terra molhada. Aquele aroma úmido, onde há gotículas de água suspensa no ar.

Neste mesmo ambiente consegue sentir o aroma de rosas, orvalhadas, molhadas unidos ao aroma verde inicial.

Após alguns minutos pegue essa cena anterior e o compacte  em um sabonete perfumado. A íris dá um leve toque atalcado, mas o acho mais assabonetado do que atalcado. É literalmente um sabonete fino, com um leve ardor mentolado (na minha pele), com uma "giletada" patchoulinesca (ah, patchouli, esse lindo! Não é a toa que virou membro principal dos chipres modernos, substituindo o musgo de carvalho).

E, claro, como todo perfume moderno, logo depois vem a baunilha para apaziguar os ânimos e adoçar (bem levemente) a vida. O deixa cremoso, com suave dulçor.

Perfumaço mais pela construção do que pelo desempenho. Ele é mais tímido, diurno e não incomoda ninguém. Não tem aquela projeção monstra, apesar de fixar dignamente por muitas horas. Ou como disseram algumas resenhas que li: se você gosta do aroma do sabonete Dove tradicional....coloque este mesmo Dove todo pimposo em Paris e seu glamour e plim.....temos Ivoire!

Resumindo, te deixa com cheiro de banho de princesa. Uma lindeza de perfume.

Estou curiosa por sentir o Ivoire Vintage, de 1979. Imagino a mistura de aldeídos, musgo de carvalho e incenso em profusão. Fico na querência!

Bjxxxx de K-Pax. 

Um comentário:

  1. Carla que resenha linda, adorei o Ivoire também ganhei de natal um frasco para chamar de meu. Realmente um perfume incrivel e espero que não descontinuem. Agora a versão rosa Eau d' Ivoire é tão mixuruca. Beijos pra você.
    Luciana

    ResponderExcluir

Apimente o PV, seu comentário é muito importante!